terça-feira, 2 de setembro de 2014

Outra gostosura cheirosa: Huile Gourmande Fleur de Figuier, da Roger&Gallet

Essa linha Fleur de Figuier tá uma delícia. Tenho creminhos gostosos e adoro cada novo produto. Agora o lançamento é o óleo. Confere aí:

 Ultra-nutritivo e não pegajoso, sua fórmula enriquecida com óleos de frutas (uva, romã, groselha preta, damasco e amêndoa doce) deixa a pele seca com sensação de conforto e suavidade. Com rápida absorção, a fórmula deixa a pele radiante e macia. Sua fragrância delicadamente sensual reabastece a pele com uma agradável sensação de bem-estar, sem deixá-la gordurosa. A textura do novo Huile Gourmande Fleur de Figuier é ideal para a pele seca, é absorvido em apenas alguns segundos, permitindo vestir-se logo após a aplicação. Formulada com óleos de frutas, esta encantadora textura é ideal para massagens. De origem vegetal, Huile Gourmande Fleur de Figuier é uma combinação entre um coração de óleos vegetais patenteados (passiflora, damasco e cereais).
Além disso, o coração conta com uma seleção de quatro óleos de frutas para:
·         Nutrir intensamente
·         Hidratar
·         Reparar
·         Acalmar
·         Tornar a pele macia e iluminada
·         Envolver a pele e o cabelo com um perfume relaxante todos os dias


Como aplicar o óleo corporal:
1 –  Borrife e espalhe o óleo na palma das mãos

2 –  Faça uma massagem drenante, começando pelas extremidades do corpo, pés, mãos, braços, terminando com barriga e seios.

3 – Reforçar nas zonas mais ressecadas. Sob a pele ainda úmida, o óleo penetra ainda mais facilmente.

4 – Reforce também nos seios, onde a pele é mais frágil que no resto do corpo.

5 –  Não esqueça também dos cabelos, uma borrifada no comprimento dos fios os deixa macios, sedosos e sensualmente perfumados

Fleur de Figuier:
A fragrância tem assinatura do perfumista Francis Kurkdjian responsável também por mais de 40 grandes perfumes de diversas marcas como Armani, Jean-Paul Gaultier, Kenzo, Versace, entre outros.  “Quando eu crio um perfume, meu ponto de partida sempre é uma memória – e para este eram figueiras. Quando senti o cheiro de uma figueira pela primeira vez, esse aroma ficou no ar, foi algo bastante mágico. A ideia de trabalhar com o figo foi ancorada no frescor e em algo chique”, diz Francis.



(informações Approach Comunicação)


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...