segunda-feira, 17 de março de 2014

Diário de dieta: mais uma corrida na conta


Depois de um verão de idas e vindas, muito calor e muita preguiça, a turma do muay thai, que tem um grupo de corrida, se inscreveu na POA Night Run, que aconteceu aqui no último final de semana. Eu não tava conseguindo treinar, mas claro que me pilhei em correr com a equipe. Primeiro não tava treinando por causa do calor, depois por causa da preguiça. A retomada é sempre complicada. Essa coisa de ir deixando pra depois tomou conta do meu ser e o resultado dessa corrida é o esperado: preciso voltar a treinar.

O sol se pondo no gasômetro tava espetacular antes da nossa partida para a corrida
Posso garantir sem sombra de dúvidas: foram os piores 5km da minha vida. Morri de calor. Morri de dor no dedão do pé. Pensei em parar mais vezes do que o normal. O dedão tava péssimo (até tinha foto dele pra mostrar, mas segundo meu estagiário, ninguém merece ficar vendo meu dedo feio e roxo, por isso resolvi preservá-los de tal imagem). Já tava roxo e inchado, mas andando de chinelo de dedo em casa não tava doendo. Foi forçar correndo que ele mostrou que tava ali e não tava querendo ser incomodado. Depois do 3º quilômetro achei que ia ter que desistir. Manquei até uma banca de hidratação, joguei água no corpo inteiro, resolvi ignorar a dor e segui. Completei a prova em 34 minutos. Acho que se meu dedo não tivesse tão ruim, poderia ter ido um pouco melhor, mas fica o alerta: sem treino, nada feito.

Essa foi a turma que correu junta. Nessa hora eu já tava até de pés descalços por causa da dor no dedão
Agora vou curar esse dedo ruim e voltar aos treinos. Não dá pra ficar regredindo nas próprias marcas. Pra frente é que se anda! Na próxima, vamos abaixo de 30 minutos!




Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...