segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Diário de dieta: hoje acordei gorda e feia


Todo mundo tem seus dias de glória e dias de derrota. Muitas vezes a derrota é psicológica: uma asa baixa, um bodezinho, uma falta de vontade. Tem dias em que eu acordo gorda e feia. Impressionante. Parece que a banha não cabe mais em lugar nenhum, o cabelo não ajeita, a olheira volta, a sobrancelha parece um morcego e a unha quebra. Tudo junto. Nesses dias me falta até o humor. É o dia em que eu digo "bom dia por quê???". Detesto esses dias, mas eles acontecem.



Sempre tenho vontade de me entregar nesses dias. Azar da comida. Não vou na academia. Nem caminhar na rua eu tenho vontade. Vontade de xis, pizza e sorvete depois. Na janta. Olhando seriado. Normalmente os dias em que eu acordo gorda e feia são seguidos por outros dias iguais. De pouca vontade. De nenhuma vontade. E com a sequência de dias assim, a tendência é de que eu vá ficando mais feia mesmo. A pele explode de espinhas por causa da alimentação ruim, a retenção de líquidos - por causa da ausência de exercícios aeróbicos - me deixa parecendo um balão de tão inchada e, inevitavelmente, eu engordo bastante (minhas rateadas são sempre fatais). E aí vem mais um dia de derrota, da sensação de dar um passo pra frente e dois pra trás.

Hoje eu acordei gorda e feia. Mas, mesmo assim, tou lutando pra não me entregar. Mochila pronta pra ir pra academia meio-dia. Roupa em casa separada e pronta pra correr quando voltar do trabalho. Tudo isso pra esse bode passar rápido e amanhã eu poder acordar diva de novo!




Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...