terça-feira, 8 de outubro de 2013

Diário de dieta: seja real


Quando eu comecei a ler blogs lá no início dos anos 2000, gostava muito do caráter pessoal. Era um grande desabafo, ótimas crônicas sobre o cotidiano, que eu não me cansava nunca. Adorava saber as histórias de gente que nunca vi na vida. O perfil dos blogs mudou. Cada pessoa tem seu próprio veículo de comunicação (assim como a gente) e usa esse espaço como bem entender: criando conteúdo, fazendo propaganda, contando as próprias histórias. O aspecto comercial tem sido bastante explorado. Alguns blogs hoje nascem com intuito estritamente comercial. Pessoas viram personagens. E aí começa a parte que me dá um certo desgosto.

Não me entendam mal, mas é que eu gosto de gente de verdade. Eu gosto de histórias de verdade. Eu gosto de mudanças reais. Gosto de gente que conversa e que tem noção. Algumas meninas tavam começando o Manifesto Seja Real, e eu me identifico e apoio. Não acho que um blog tenha que servir de balizador e ditar regras e metas para a vida, mas gosto de escutar histórias e vibrar com a atitude. É isso, a gente sente muito mais a atitude em quem é real e autêntico, do que em webcelebridades fabricadas. Por isso que eu gosto da Talita e da Luana, por exemplo. São reais, dão um duro danado, falham, tentam de novo, dão risada. Gente que não fica cagando regra, sabe? Gente que sabe que qualquer mudança dá trabalho.

Oi, eu sou a Paula, eu sou de verdade. Fico feliz que cês venham aqui e mais ainda se conseguem perceber isso.

Mas de volta à vida real. Gente, como tou faceira de voltar a correr. Depois da sequência canelite-joelho torcido- pé torcido, finalmente consigo encarar a rua. Dá trabalho voltar, é necessário dizer. Se antes eu já tava fazendo 1 km em 5min30seg, voltei fazendo em 7min. Uns 10 dias depois, baixei para 6min06seg. É devagar, mas a coisa melhora. Já contei que quero fazer uma prova de 10km no fim do ano? Pois é, eu quero. E se fizer em menos de uma hora, então, vai ser superlindosupimpaêêêêêêêê! Quem me viu, quem me vê... hehehehehehe

4 comentários:

Luana disse...

O lindona, obrigada por me citar! Sim, todos nós temos dificuldades e sempre saimos delas com esforço e dedicação. Beijao pra vc!
www.meumanequim40.com.br

Paula Coruja disse...

Que legal! Luana na área! É muito legal ter pessoas como tu pra inspirar. Inspirar, transpirar e não pirar!
beijoca, queri

Cíntia Milanese disse...

Gostei do post. Acho triste quando uma pessoa não tem o que dizer e mesmo assim, se obriga a gerar conteúdo sem parar, só para ter mais acessos, visibilidade e conseguir propagandas. Ridículo!

Eu me surpreendo com meus números, mas acredito que eles existam devido a minha forma de mostrar que sou humana e que meu blog é apenas um diário pessoal e, o sucesso dele é apenas conseqüência disso. As pessoas se identificam e aparecem. Quando as coisas começam ficar comerciais demais, nem eu aguento! Tem gente que tem perfil no IG só pra ter mais um meio de desfilar seu "jaba" (como costuma dizer a blogueira Shame).

Um abraço!

Paula Coruja disse...

Oi, Cíntia!
Olha, nem só isso: o que a gente vê de menina fabricada não tá no gibi! Ou gente fora total da realidade (vide a blogueira famousa que postou que acompanha a babá nos cuidados com o filho de dois meses, mas que nunca deu um banho na criança pq tem medo). Eu não consigo nem começar a ler!!!

Mas gata, adorei conhecer seu blog! Já tou lá lendo!

beijocas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...