terça-feira, 1 de outubro de 2013

Diário de Dieta: Foco, foco, foco


A prova que eu precisa me puxar e me preparar, passou. O meu pé finalmente ficou bom. Estou catando o foco perdido em algum lugar do passado pra deixar de palhaçada e baixar os 10kg que me faltam. Cansei deles vivendo na minha barriga e nos meus braços, principalmente porque tá esquentando. Hoje foi o teste de fogo. Gordinha de regata. Sério, nada é pior do que eu de regata suando loucamente. Mas foi assim: corrida, musculação, treino físico. Tudo vendo os meus braços bem gordeeeeenhos balançando. Uma coisa. Mas beleza. Aquela banha vai ter que sair dali.

Pra isso não adianta: foco, foco, foco. Não deixar o soneca ser acionado e sair da cama pra academia ou pra correr. Lembrar de tomar muita água. Fazer as refeições balanceadas. Comer a cada três horas. Foco. Sem enfiar o pé na jaca. Sem abrir exceções. Foco. A coisa só rola com vontade. Não tem outro jeito. É só com esforço. Eu passei boa parte da minha vida querendo ser emagrecida. Eu queria que os médicos me emagrecessem. Eu queria entrar na academia e ser emagrecida. Eu não queria suar pra isso, pelo menos não tanto. Eu queria que encontrassem uma solução que dependesse o menos possível de mim. Afinal, tudo era difícil.

A cara hoje às 6h era essa: puro sono. Mas foco é assim, a gente vai até quando
o corpo não tá querendo. E funciona
 Quando a gente entende que isso não existe, fica mais fácil. Fácil não é bem a palavra. Fica fácil no sentido em que não há alternativas, a resposta é uma só: tudo depende do nosso esforço. Do meu esforço. Que o "ai, como é difícil", como lembrou a Renata, tem que ser substituído por "nossa, isso é desafiador". E de tempos em tempos eu preciso lembrar disso também. Lembrar que ninguém faz isso por mim, só eu mesma.

Foco, só mais um pouco de foco. E vambora!


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...