segunda-feira, 15 de abril de 2013

Diário de dieta: mantendo o ritmo


Semana passada, pela primeira vez depois do maior tempão, ouvi comentários de que pareço mais magra. Apesar da balança já apontar certos avanços, eu também custei a notar visualmente qualquer melhora. Mas ela (finalmente) aconteceu. E, claro, é só o começo, já que estamos pouco mais de 10kg distantes da meta (e sei lá quantos % de gordura pra reverter). Mas confesso, fiquei feliz.

Uma das coisas que noto é que o meu ritmo atual de exercícios tá me dando mais fôlego, literalmente. Semana passada fui seis dias à academia e no domingo, para não passar em branco, fiz 45 minutos de caminhada na esteira. Será que finalmente estou sentindo a tal de endorfina e isso é o que tem me dado prazer em me exercitar? Talvez.

Pensando nisso, comecei a lembrar de como consegui engrenar. E o processo foi igualzinho a quando, anos atrás, virei rata de academia: companhia. Das duas vezes precisei daquela mão amiga pra me levar pra academia, pra me convencer de que valia o esforço. Na primeira vez levei irmã, namorado e amigas. Dessa vez, uma colega de trabalho. Em comum, minhas companhias abandonaram a vida na academia e eu continuei, mas o incentivo deles pra ir e me fazer sentir segura a ponto de ir sozinha foi fundamental.

E é justamente daí que vem a dica de hoje. Não sabe como começar? Arrume companhia. Alguém pra partilhar o caminho, a caminhada, as dificuldades, os sucessos e as frustrações. Essa troca sempre é saudável e faz com que tudo fique mais leve. Dêem força, estimulem, não deixem desistir. Além de fazer bem para o outro, faz bem para nós mesmos.


Escutei uma coisa esse final de semana que faz pensar: "Quem quer arruma um jeito, quem não quer, uma desculpa".

Arrume um jeito! E vamos juntos nessa! Essa semana vou tentar, novamente, manter o ritmo. Um passo de cada vez.



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...