sexta-feira, 1 de junho de 2012

Um livro para a semana: A festa do bode, Mario Vargas Llosa

O general Rafael Leónidas Trujillo Molina - o "Bode" - foi ditador da República Dominicana de 1930 a 1961. Em A festa do bode, de 2000, o peruano Mario Vargas Llosa (de quem já falei aqui e aqui) conta essa história, que mistura fatos reais com ficção. Na real, é inevitável pensar o tempo inteiro em o que é real e o que é ficção na história. Llosa é ótimo!!! O livro é, ao mesmo tempo, um relato policial, um drama, uma intriga política, uma conspiração, a história de uma guerra e o retrato de um ditador.


A enredo é conduzido por Urania Cabral, que volta a Santo Domingo em 1961, após 35 anos. O retorno marca os últimos dias da tirania do General Trujillo. Enquanto ela relembra os dramas pessoais do passado, outras duas histórias narradas em paralelo colocam o leitor no centro da tomada de decisões do ditador e mostram a luta de pessoas comuns que decidem pegar em armas para derrubá-lo. É assim que Llosa relata o fim de uma era, um mergulho em um dos momentos mais dramáticos da história recente da América Latina.



A festa do bode, Mario Vargas Llosa
Editora: Alfaguara
456 páginas
Preço: R$ 31,00 ou usado a partir de R$ 13,00


2 comentários:

Anônimo disse...

boa dica!
bjk
dani

Clara Martins disse...

Parece bom!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...