terça-feira, 12 de junho de 2012

Dia de celebrar o amor

No fim, a série sobre sugestões de presentes acabou meio furada. Faltou mostrar muita, mas muita coisa mesmo. Mas justamente por saber que dia dos namorados tem menos relação com presente e mais relação com o amor, não consegui terminar de escrever. Fiz feriadão e dediquei todo o meu tempo livre a ficar com o meu amor. Nosso dia a dia é tão corrido, que cada minuto livre a gente aproveita para ficar junto, para transformar em dia dos namorados.

Com o tempo, o próprio significado do dia dos namorados muda. Quando eu era adolescente, era uma data esperada, aguardada, mas que nunca consegui aproveitar com ninguém. A impressão que eu tinha é que minhas amigas que tinham namorado tavam menos preocupadas com o romantismo e mais com a afirmação que era passar a data com alguém. Isso! Teve em um tempo em que a gente queria era passar a data com alguém, não necessariamente com um amor. Coisa de adolescente. Tá valendo.



Saindo dessa fase, o objetivo era se saber amando de alguma forma. Mas, puxa, hoje vejo o quanto era bobinha. O mundo vem e te diz: tem que sair pra jantar, tem que ir a motel, tem que dar presente, e você acredita. Eu já fiquei furiosa uma vez porque minha noite deu completamente errado! Tive que passar no drive thru do Mc Donalds, depois de rodar mais de 200 km atrás de um motel livre terminamos indo para casa. O senso de humor passou longe e hoje posso dizer que me arrependo.

Hoje, o 12 de junho é mais uma data para parar pra pensar em como é bom ter uma relação que te complete, que faça feliz. Data de lembrar o quanto ele agrega de significado para a minha vida, o quanto me faz sorrir sozinha, bem boba. Pensar em o quanto é maravilhoso sentir esse quentinho no peito quando falo dele. Nessa hora, tudo o que se convenciona para a data fica minúsculo.

Quer um conselho para este dia dos namorados? Esquece o restaurante, abandona o motel e não dê tanta importância para o presente. Fique junto, ria junto, compartilhe, celebre. Seja feliz junto. É só isto que conta no fim das contas.

O que importa é o amor, e esse eu sinto todos os dias, não só no 12 de junho.


2 comentários:

Clara Martins disse...

êêêêêêêêê! Feliz dia dos namorados!!!

Anônimo disse...

lindo! viva o amoor!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...