terça-feira, 8 de maio de 2012

Agora danou: voltei pra dieta


O título é a junção das tags novas aqui do blog. Voltei pra dieta, agora danou e diário de dieta remetem para textos que eram do meu antigo blog, onde eu contava sobre o tratamento que recém se iniciava, lá em abril do ano passado.

Já contei aqui sobre o meu fígado gordo, né? Pois é, ele foi o estopim para uma série de mudanças na minha vida, todas para melhorar ainda mais a minha saúde. Na consulta onde me decretaram o fígado gordo, a médica também examinou alguns raios-x do meu pulmão.  Saí de lá desolada com a sentença: tem que emagrecer e parar de fumar. Decidi fazer uma coisa de cada vez.

As duas mudanças demandavam mudanças enormes na minha vida. Eu precisava trabalhar menos e me cuidar mais. Consegui isso. No momento em que vi que tudo seguia num ritmo bacana, decidi que era a hora de parar de fumar. E parei. Quem quiser pode ler essa história tim-tim por tim-tim aqui. Claro, parando me fumar a coisa meio que degringolou. Fui lá pedir a benção da minha nutricionista (também conhecida como nutri querida), junto com uma série de dicas pra driblar a ansiedade e a vontade de fumar. Se com a comida a coisa andava sob controle, parando de fumar ficou mais complicado.

Isso foi o que consegui com a dieta até agora: do tamanho 48 para os 42. Essa última calça continuo usando e está folgada, mas agora é hora de retomar e emagrecer ainda mais. 


É claro que engordei. E decidi relaxar com isso. De repente eu me entendia muito mais, mas tava difícil dizer não o tempo todo pra tudo que eu queria fazer. Resolvi relaxar. Resolvi tomar minha cervejinha. Resolvi me deliciar com o que o namoradão cozinha. Dei um tempo pra mim. Coincidentemente, veio um período cheio de trabalho. Larguei a academia, apesar de continuar com os exercícios externos. Nos últimos 20 dias, não consegui fazer nada. Nadica mesmo.

Pelas minhas medidas, o estrago não foi grande, mas não tou feliz. É hora de retomar de onde parei. De voltar pra rotina. Estabilizar. Agora que a decisão de parar de fumar está forte, agora que não encontro mais desculpas para pensar em voltar e, por isso, me sinto menos ansiosa, é a hora certa de retomar a dieta.

Voltei pra dieta. Por isso essa nova tag. Primeiro quis fazer aquele blog em separado para revelar sem medo meu peso e medidas. Nunca imaginei que teria coragem de falar essas coisas para algum outro ser humano em público. Com o tempo a gente vê que não tem porquê. Aqui não tem tudo que mulher gosta (e precisa)? Pois acho que não existe nada mais feminino que a necessidade de emagrecer. Claro que quero me sentir bonita, mas, acima de tudo, quero ser saudável.

Por isso não esperem nenhum tipo de "projeto de verão". Isso é um projeto de vida. Que convido todas vocês a participarem comigo.

Bom, a segunda-feira foi o primeiro dia da retomada. Já aviso que não foi nada fácil. Minha colega de trabalho e eu decidimos almoçar na minha casa para guardar um dinheirinho e comer com mais parcimônia. Funcionou. O que eu não contava era com um bolo de chocolate com morango do aniversário de um colega à tarde. Confesso que não resisti. Compensei com uma hora de caminhada à tardinha. Na manhã dessa terça voltei ao treino. Aqueles dias parada não ajudaram muito. Voltei a revezar caminhadas com corridas, mas acrescentando alguns sprints para acelerar a perda de gordura. Agora é voltar pras minhas refeições todas, nova organização. Pretendo voltar ao consultório da nutricionista no início de junho. Detesto não ter tempo e é bem isso que vai acontecer esse mês: o tempo tá contra mim. Mas conseguindo me reorganizar em maio, as coisas estarão melhores em junho (e ela não vai brigar muito comigo! ehehehehehehe).

Fiquem comigo. Qualquer coisa, gritem.


2 comentários:

Vica disse...

Bah, guria, show de bola! Parabéns! Uma coisa de cada vez e segue adiante! Beijão!

Paula Coruja disse...

E assim seguimos... baby steps!
;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...