sexta-feira, 13 de abril de 2012

Livro para a semana: Bonequinha de Luxo, Truman Capote


Audrey Hepburn foi a primeira Holly Golightly por quem me encantei. Vi o filme muito antes de pensar em ler o livro. Confesso que, lendo o livro, minha Holly perdeu um pouco o corpo magrinho e a carinha angelical. É a mesma personagem, a mesma força, mas diferente, saca? O filme é ótimo. O livro é ótimo. E me encanta a narrativa detalhista do Capote. E em como foi transgressora também. Afinal, no fim dos anos 1950 surge aquela personagem que sai com vários homens, tem um gato sem nome e foge pela escada de incêndio cada vez que se tenta brigar com ela. Holly é forte. Holly ainda é moderna.

Ah, se engana quem pensa que livro e filme são exatamente iguais. Não são. A Holly do livro é mais real, não é aquela que encontra o amor, mas a que busca um relacionamento que a traga o sustento para o dia seguinte. A Holly do livro parece mais pé no chão, o que a encaixa ainda mais em muitas épocas. Claro, no fim das contas, Holly do livro e Holly do filme são a mesma a mulher que sonha, em frente à vitrine da Tiffany's, com dias melhores. Mas garanto: vale conhecer a versão em papel da Bonequinha.

Ah, uma curiosidade: a atriz cotada para o papel de Holly era Marylin Monroe. E, sabe, depois de ler o livro isto faz sentido.


Bonequinha de luxo, Truman Capote
Editora: Companhia das Letras
152 páginas
Preço: novo sai entre R$ 30 e R$ 50. Ou aqui, a partir de R$ 28.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...