sexta-feira, 23 de março de 2012

Um livro para a semana: Tia Júlia e o escrevinhador, Mario Vargas Llosa


Esse livro eu li por obrigação, mas foi daquelas obrigações que agradeço sempre! Faz tempinho que li (9 anos que me formei e li antes de me formar) e esses dias andei degustando ele de novo. Delícia pura! Tia Júlia e o escrevinhador também é do Mario Vargas Llosa, livro publicado em 1969, das obras mais traduzidas do autor.

A obra se passa em Lima, na década de 1950, e conta a história de Marito (alguém sugere um tom autobiográfico aqui?), jovem com ambições literárias (segunda pista?) que se apaixona por uma tia bem mais velha. Ao mesmo tempo, o personagem conhece Pedro Camacho, autor de radionovelas que confunde enredos e personagens. E assim a história segue, mesclando drama e humor, levando a faculdade de direito e os escritos e trabalho na rádio popular de Marito (além do romance com a tia, claro).

Além da narrativa ser uma delícia, Tia Julia… tem outro ponto forte: as novelas escritas pelo excêntrico Pedro Camacho estão na íntegra no livro. Para começar, me divirto imaginando o próprio Camacho. E a novela se reveza com a história... e se junta a ela no final. Vai dizer, deu vontade de ler, né?

Tia Júlia e o escrevinhador, Mario Vargas Llosa
Editora Alfaguara
Preço: de R$ 6 (estante virtual) a R$ 40 (novo)
Páginas: 360

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...