segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Moda foi feita para gordinhas, sim

Esses dias estava conversando com a Lara (Lara Fotos) e a Gisele e depois com a Ane Meira (Necessárias) sobre a relação gordinha x moda. A gente que sobe na balança e vê o ponteiro indo mais para a direita do que a esquerda, sabe que a coisa não é fácil. A Lara, inclusive, tem uma das melhores frases ever: "Ser gorda machuca". Simples, mas real - a calça aperta, depois de um  tempo sentada a gente fica com o botão da calça jeans praticamente tatuado na barriga, a cava da blusa aperta, a jaqueta não fecha. Porre total.

E a moda? Porque não foi feita para a gente? Alguém inventou que roupa tem que ficar bonita em gente esquálida (acho que foram os mesmos que inventaram que ser esquálida é bonito). E vivendo nessa sociedade, claro que a gente entende bonito e feio do mesmo do mesmo jeito. Os macacões continuam com tudo. Bom, as gordinhas podem esquecer. Não tem como ficar bonito (a menos que a menina seja mais alta e não seja muito gordinha). Gordinha de macacão, principalmente tomara-que-caia, parece bujão de gás com capa. Não dá. Calça skinny? Não fica muito bem, mas se quiser usar mesmo assim, tem que caprichar na escolha da blusa e do casaco, caso contrário fica parecendo que a sua roupa encolheu e só você não viu . Falei bobagem? Certo que sim. Tem gordinha que usa isso tudo e muito mais muito bem, mas tenho meus "preconceitos" com a relação gordinha x roupas, como muitas de nós temos.

Prova disso foi aquela campanha da Dove, que valorizava a beleza real e estavam incluídas aí várias gordinhas. Todo mundo achou a campanha o máximo, supercorreta, um tapa na cara dos estereótipos inalcançáveis de beleza, mas pergunta se a Dove virou sucesso de vendas? Nada. Mas como nada se a campanha tava correta? A resposta é simples: preconceito. Quando alguém vê uma propaganda de produtos de beleza, quer poder ter a possibilidade de ficar tão bonita quanto aquelas modelos e atrizes. As pessoas não querem comprar uma beleza real. Elas pagam para tentar chegar mais perto do estereótipo de beleza inalcançável. Na real, não existe roupa certa, não existe moda certa para gordinhas. Sinceramente, admiro quem consegue se libertar daqueles preconceitos e ousar

Pelo menos Marc Jacobs pensa na gente
Agora (uhuuuuu), pelo menos, começou a existir gente que pensa na gente. Não precisamos mais ficar admirando vitrines de lojas que acham que ninguém que vista acima de 40 não é digno da sua coleção. Marc Jacobs é um deles. E é aquela coisa: se Marc Jacobs é por nós, quem será contra nós? ;)

Ah, e o que ando curtindo também são os blogs de moda voltados para esse segmento. Muita gordinha sexy botando a cara em looks do dia e mostrando que não é só de alface que se faz uma bela mulher. E como post sem dicas não anda tendo vez por aqui, se joguem!

Blog da Milu

Fatshion


Fofashion
Mulherão



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...