segunda-feira, 25 de julho de 2011

Pesquisa aponta que profissionais da beleza estão mais propensos a dores na coluna

Vi essa no Universia e tive que trazer pra cá. Um estudo da USP, realizado com 30 cabeleireiros e manicures, revela que 59% dos profissionais testados sofrem com dores na coluna. A pesquisa ainda mostra dores de 47% dos entrevistados nos membros superiores e 27% nos membros inferiores.

As dores nas costas e de membros superiores não têm relação com o peso e índice de massa corporal, mas estão relacionadas ao sedentarismo. Os profissionais que praticam alguma atividade física sentem menos dor, em comparação aos que não fazem exercício.



A maioria dos profissionais que praticavam atividade física fazia caminhadas. A musculação e a pratica regular de academia foi relatada pela minoria deles. O objetivo da pesquisa foi investigar se havia algum problema neste grupo de profissionais.

Os profissionais de beleza realizaram testes por meio de equipamentos que avaliaram a força muscular. O número de horas trabalhadas na semana também influencia nas dores músculoesqueléticas sentidas por cabeleireiros e manicures. Os que trabalham mais que 50 horas semanais sofrem mais dores. A lombar e os ombros também sentem o peso dos anos de profissão, os profissionais que estão no mercado a mais de quatro anos se queixam mais que os iniciantes.

Não adianta. Quem fica o dia inteiro na mesma posição precisa se mexer (trocadilho infame). Até porque, ninguém merece trabalhar com dor o dia inteiro. Ainda mais quando é pra deixar a gente mais bonita!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...