terça-feira, 26 de outubro de 2010

Comprar pela internet: as boas e as roubadas

Quem aí nunca comprou uma coisinha pela internet?

Pois é, eu também já. Com o tempo, inclusive, tenho comprado cada vez mais. Comecei com livros e DVDs, sempre de lojas megasérias e conhecidas. Agora compro de tudo: minhas roupas, maquiagem, perfume, acessórios, sapato, filme B que só se acha na China, cabo, qualquer coisa. Adoro as vantagens, em geral não me importo de esperar (quando o produto vem de fora senta e espera, não tem jeito) e, principalmente, me poupa essa coisinha que anda escassa na minha vida: tempo.



Só que, meninas e meninos que lêem esta bolsa caótica, não adianta, tem que estar atento. Entrei em duas roubadas recentemente, que quase me fizeram perder a fé na humanidade. Não, não foi com nada que comprei pelo eBay e que veio do outro lado do mundo. Foi com duas lojas virtuais ali de São Paulo. Bom, vamos aos cases:

  • comprei duas calças desta loja aqui.Gostei do modelo, tinha o meu tamanho e tava barato. Saquei o cartão e fiz a compra. Alguns dias depois, quando pensei que elas poderiam estar chegando, chega um email dizendo que a bolsa que eu quero tá em falta. Como assim "bolsa"??? Fiquei cabreira... Revira daqui, remexe de lá, acharam o pedido certo. Problema 2: o que eu olhei e encomendei agora estava em falta. Ai, ai,ai. Me deram um prazo para arrumar o produto e depois me mandaram. Chegou tudo certinho. Quer dizer, quase. A camiseta que me mandaram de brinde não foi nem da cor, nem da marca, nem do tamanho que eu escolhi. Mas daí... azar. Minha irmã ganhou presente de natal antecipado. Roubadinha, mas a grana não foi desperdiçada.

  • esse sim é grave. Comprei um perfume na Duks. Tudo certo? Não. Comecei a notar a demora. Entrei em contato por email. Nada. Mandei mais emails. Nada. Liguei. Ficaram de entrar em contato. Nada. Perguntei pelo Twitter. Nada. Novas ligações. Nada. Novos emails. Nada. A fatura do meu cartão chegou e adivinha só: tá lá o débito. Pela primeira vez eu não só me incomodei, como marchei com a grana. Mas isso não fica assim. O juizado de pequenas causas e o Procon tão aí pra isso.

Por isso, caríssimos, não façam como eu que confiei na empresa, que era (ERA) parceira do blog, sem ler mais a respeito. No twitter vi várias meninas reclamando que ganharam em sorteios da marca e estavam há mais de três meses aguardando o prêmio. Devia ter procurado antes, lido antes.

Na internet, onde a gente nunca sabe bem ao certo com quem tá lidando, as recomendações são fundamentais.

Fica esperta, menina! Eu vou ficar mais espertinha também!

Um comentário:

ANDRÉIA disse...

Oi, querida.
Muito bom seu alerta.
Da Duks eu tb já vi vários comentários negativos, porém, da outra loja (não sei se posso citar o nome) eu nao tinha ouvido falar nada e até cogitei comprar uma bolsa que amei, mas ... depois dessa, não dá, né?
Bjs.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...